Parceria Le Santé e Hospital Israelita Albert Einstein

Esta semana assinamos oficialmente acordo de parceria  técnico-cientifica  com o Hospital Israelita Albert Einstein, referencia internacional no tratamento do câncer. Esta parceria trará
Read More
Parceria Le Santé e Hospital Israelita Albert Einstein

Formando Futuros Oncologistas

Estamos entrando em mais um  ano de funcionamento da nossa Residencia de Cancerologia. Mais um profissional deposita sua confiança para
Read More
Formando Futuros  Oncologistas

Outubro Rosa

A Campanha do Outubro Rosa tem muitos significados. O principal é o alerta para sociedade da necessidade da realização de
Read More
Outubro Rosa

Câncer de Mama na Gravidez

Aconteceu perto do terceiro mês de gravidez... um nódulo no seio que a biopsia confirmou : Câncer de mama . Como
Read More
Câncer de Mama na Gravidez

Últimas publicações

  • Parceria Le Santé e Hospital Israelita Albert Einstein

    Esta semana assinamos oficialmente acordo de parceria  técnico-cientifica  com o Hospital Israelita Albert Einstein, referencia internacional no tratamento do câncer.

    Esta parceria trará beneficios para os pacientes da Le Santé que poderão ter acesso a procedimentos diagnósticos e terapêuticos da equipe multiprofissional do Hospital.

    A parceria técnico-científica também é de extrema importância para o desenvolvimento da pesquisa em Oncologia na região e para os profissionais da Clínica , que terão reuniões e cursos de atualização disponibilizados por uma das maiores instituições hospitalares do país.

    Unir a qualidade e dedicação da Le Santé – Centro Avançado em Oncologia e a expertise e tecnologia do Hospital Albert Einstein é cuidar ainda mais dos pacientes oncológicos e trazer esperança, respeito e carinho para quem precisa.

     

    unnamed

     

     

  • Formando Futuros Oncologistas

    Estamos entrando em mais um  ano de funcionamento da nossa Residencia de Cancerologia. Mais um profissional deposita sua confiança para receber treinamento medico especializado com a nossa equipe. O maior  desafio continua  sendo balancear a absorção dos conhecimentos técnicos necessários com a  competência fundamental em Oncologia : relacionamento médico-paciente.

    O médico residente precisa aprender de forma categórica que não existem doenças, existem pessoas cujo organismo entrou em disfunção. Pessoas com história e personalidades próprias.

    Pessoas que merecem nosso máximo esforço e que devem ter voz ativa nas decisōes referentes ao seu tratamento.

    Para enfrentar o câncer é necessário formar equipes. Equipes que incluam o paciente.

    Essa é a principal lição.gincana-300x168

     

     

  • Outubro Rosa

    A Campanha do Outubro Rosa tem muitos significados. O principal é o alerta para sociedade da necessidade da realização de exames preventivos contra o Câncer de Mama. A Campanha é um sucesso no mundo todo.

    Para quem trabalha diariamente com pacientes com Câncer de Mama existe um outro significado.

    Este também é  o momento de recordarmos  todas as pacientes que já travaram esta batalha

    Precisamos continuar buscando o diagnóstico precoce , precisamos disponibilizar o acesso universal a mamografia , precisamos continuar a luta pela melhora dos índices de cura.

    Precisamos cada vez mais falar sobre Câncer.

    Conhecimento é prevenção. E prevenção é uma arma poderosa.outubrorosa

     

     

     

     

  • Câncer de Mama na Gravidez

    Aconteceu perto do terceiro mês de gravidez… um nódulo no seio que a biopsia confirmou :

    Câncer de mama . Como muitas vezes acontece, a paciente  nos ensinou  como enfrentar essa situação delicada . Levantou a cabeça , foi atrás do tratamento e  fez a cirurgia para retirada do tumor rapidamente. Hoje vem completar  o ultimo ciclo de quimioterapia,  necessária para  a curabilidade . Os cabelos se foram mas vão voltar logo. A gestação segue normal e o ultrassom confirma : é uma menina .

    Vai ser corajosa como a mãe.

  • Medicina Integrativa

    Medicina Integrativa é um conceito que vem ganhando força em centros de tratamento oncológico ao redor do mundo. Consiste em colocar o foco do tratamento no paciente e não na doença. Envolve o fortalecimento da relação entre médico e paciente e o uso de tratamentos complementares JUNTO com os tratamentos convencionais

    Podemos lançar mão de técnicas  como acupuntura ,yoga, meditação, musicoterapia, shiatsu e outras  para complementar o tratamento oncológico tradicional

    19 Oct 2012 --- Woman engaging in yoga, outdoors --- Image by © Mareen Fischinger/Corbis

     

     

  • Violeta

    Foi ha uns 12 anos atrás… Primeira consulta , primeiro contato.  Uma senhora distinta e elegante entra no consultorio. Chamava a atenção pela  coloração dos seus  olhos , um raro e lindo tom de  azul violeta. Olhos que estavam tristes, marejados e assustados pelo diagnostico recente de um câncer de mama. Acabara de ser submetida ao tratamento cirúrgico.

    Conversamos longamente sobre a curabilidade do seu caso e sobre necessidade de um longo tratamento protetor. Recebeu quimioterapia, radioterapia e depois medicamentos hormonais por vários anos.

    Hoje retorna em uma consulta de rotina , livre da doença e de tratamentos. Conversamos sobre o cotidiano . Conversamos sobre família.  Fez um relato orgulhoso sobre o tempo que tem passado com os netos.

    A cor dos olhos continua a mesma mas o olhar é outro… leve, alegre e cheio de vida.

    Hoje, a cor violeta é a cor da vitória.

    violetas_18

     

  • Treinando Jovens Médicos

    São muitos os desafios da nossa especialidade.

    Talvez o maior deles seja a responsabilidade de formar um médico Residente em Oncologia.

    Porque não basta transmitir o conhecimento técnico. Oncologia vai muito além do que está escrito nos livros e do que é dito em Congressos.

    Oncologia envolve amadurecimento acelerado e responsabilidades. Ser oncologista é lidar  com  delicadas relações humanas . É aprender a se colocar junto ao paciente e familiares numa grande batalha.

    Já estamos próximos de selecionar nossa segunda turma de residentes. Buscamos treinar e entregar para sociedade jovens médicos comprometidos com o atendimento HUMANIZADO do paciente oncológico.

    E não há no mundo  desafio mais gratificante do que este. resis

     

  • Neuropatia Periférica

    Um efeito colateral frequente de ALGUNS tipos de quimioterapia (não todos ) é a neuropatia periférica.

    O paciente pode sentir dor, formigamento , dormência ou ardência que se inicia nas mãos e pés e sobe gradualmente para pernas e braços.

    É causado por um aumento na sensibilidade dos nervos das extremidades.

    Pode piorar com a exposição ao frio.

    O oncologista normalmente orienta sobre este sintoma durante as consultas.

    Pode ser amenizado  com medicamentos e acupuntura.

    Em alguns casos se faz necessário a redução da dose ou o adiamento da quimioterapia.peripheral-neuropathy-1

     

  • CÂNCER de MAMA

    Um dos mais frequentes tipos de câncer. Ainda gerando muitas dúvidas sobre o seu tratamento.

    A cura se consegue basicamente pela cirurgia ( feita pelo mastologista ) que retira o tumor da paciente.

    Na maioria dos casos a cirurgia é conservadora ( retira penas uma parte da mama)

    O Oncologista então administra alguns tratamentos ( quimioterapia, hormonioterapia, radioterapia) com o objetivo de REDUZIR a chance da doença voltar no futuro. É um tratamento PREVENTIVO.

    A quimioterapia demora de 4 a 6 meses , a radioterapia em torno de 1 mês e a hormonioterapia na forma de 1comprimido ao dia se extende por vários anos.

    Em alguns casos ( tumores grandes ) a quimioterapia pode ser feita antes da cirurgia para reduzir o tumor e facilitar o trabalho do cirurgião.

    Em alguns casos podemos realizar só a hormonioterapia, em outros só a quimioterapia , dependendo das características da paciente.

    A CURA do câncer de mama descoberto em fases INICIAIS gira em torno de 80% dos casos.

    breast-cancer-nurse

  • Quando os amigos partem

    Não existem pacientes…existem amigos. Amigos que nos honram com a sua confiança ao enfrentar uma doença ameaçadora. MUITOS casos são curáveis hoje em dia ,mas outros infelizmente ainda  não..

    Nos casos incuráveis  o tratamento oncológico objetiva o prolongamento do tempo de vida.

    É uma batalha difícil, onde aprendemos todos os dias com nossos amigos pacientes e seus familiares.

    Exemplos diários de coragem e dedicação.

    Perdemos recentemente uma grande amiga que lutou ferrenhamente contra a doença por muitos anos …mas nesse período também VIVEU intensamente , junto  de sua linda e dedicada familia.

    Logo após a partida  , sua valente filha subiu em um palco para uma apresentação de dança …e dançou lindamente… serena… trazendo no olhar exatamente o mesmo brilho e alegria de viver da mãe .

    Para Luciana, Paulo e família.ballet

     

     

     

     

Voltar ao topo